sábado, 13 de julho de 2013

Em Altamira.Pa o 11 de julho expôs a vontade de lutar e protestar dos movimentos sociais: infraestrutura.JÁ, comunicação democrática, reforma agrária e não ao PL 4330! É nós!

O 11 de julho de 2013 ficou marcado em todo o país. No Pará, em Altamira, a 740 km da capital do Estado, Belém, a CUT.Pa, Fetagri.Pa, CUT Nacional, MAB - Movimento dos Atingidos por Barragens, bancários, urbanitários e juventude, os movimentos sociais se unificaram e fizeram duas belas manifestações, uma pela manhã e outra no final da tarde.

A síntese das manifestações está expressada neste registro fotográfico, feito por Vânia Viana e Vera Paoloni.

Bom final de semana e dia 23, participem do lançamento do Comitê Estadual do FND - Fórum nacional pela Democratização da Comunicação. Na OAB-Pa, das 15 às 18 h.

Leia mais sobre o que rolou em Altamira clicando aqui 
Dia 23/7, em Belém.Pa, o lançamento do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação, Comitê do Pará.
No 11 de julho, em Altamira.Pa, luta conjunta contra o PL-4330 das terceirizações e também pelo cumprimento-JÁ das condicionantes de Belo Monte.
Em Altamira.Pa, o cartaz pregado na porta da agência bancária no dia 11 de julho: porque os movimentos sociais também QUEREM FALAR!
Jovem sindicalista bancário denuncia as precárias condições de trabalho na agência da Caixa em Altamira.Pa.
O MAB - Movimento dos Atingidos por Barragens firme junto na paralisação de 11 de julho em Altamira.Pa
Juventude e sindicalistas contra o PL 4330: ninguém quer precarização do emprego e direitos sociais!
A voz da CUT.Pa,/FETEC-CN durante a paralisação de 11 de julho em Altamira.Pa
Com alegria, segue a paralisação de 11 de julho em Altamira.Pa. Sol de 40 graus!
Em cada órgão público, a tardicional parada.
Protesto bonito e animado e Altamira.Pa: CUT.Pa, Cut nacional, bancários, urbanitários, Fetagri.Pa, MAB, Levante Popular da Juventude: movimentos sociais querem falar!

Na luta bancários e bancártias do Banpará de Altamira.Pa! 

"O povo, unido, jamais será vencido", grita animada a sindicalista em meio à caminhada de Altamira.Pa no 11 de julho.

Em Altamira.Pa a luta também por transporte público de qualidade e redução-JÁ das tarifas. Muita gente é transportada assim como mostra a foto e a passagem custa R$ 4,00.
Na frente de todos os bancos em Altamira.Pa, a voz dos movimentos sociais: contra alta de juros, pouco emprego e péssimo atendimento.
No Bradesco em Altamira.Pa, a agência é construída com bancários e clientes bem no meio da obra. Desrespeito denunciando e condenado por toda a socideade altamirense.
Quem mora e trabalha na Amazônia, sabe bem o significado do protesto contido nesta faixa.... Fotos: Vânia Viana e Vera Paoloni
Olhaí o recado, Consórcio Norte e governo federal!

Não aceitaremos recuar um milímetro de direitos conquistados. O Brasil é a 5ª potência do mundo, o povo brasileiro também quer esse direito!
Tanto reforma agrária como o cumprimento-JÁ das condicionantes de Belo Monte presentes nas manifestações em Altamira.Pa

Caminhando já no final da tarde, já na 2ª manifestação do dia 11 de julho em Altamira.Pa

E a luta continua.....
Índia munduruku de 70 anos pega o microfone e dá o recado: direitos já!

Movimentos sociais nas ruas do centro de Altamira.Pa em 11 de julho.
Nossas carinhas felizes no entardecer de 11 de julho, já na 2ª manifestação. É nós!

Levante Popular da Juventude apoiando firme a paralisação de 11 de julho em Altamira.Pa
Sindicalista bancária e funci do BB na manifestação em Altamira.Pa

A síntese das vozes das ruas em 11 de julho. Socorro!
 
 
Na passagem das manifestações, muitas cartolinas com as mensagens dos movimentos sociais.

Sindicalista bancário  e funci do BASA brada nas ruas de Altamira.Pa. Viva a luta!

1 comentários:

Vânia Viana disse...

Momentos inesquecíveis: Trabalhadoras/es Bancários e clientes arregaçando as mangas e vindo para a luta, fechando agências e pois sabem que somente com garra e protesto seremos ouvidos e transformaremos a sociedade. População parou em todo o comércio para ouvir a manifestação da classe trabalhadora que exigia melhores condições de trabalho e atendimento para a população sofrida de Altamira que fica até 5 horas, em pé, numa fila!
E as lideranças literalmente pararam o trânsito da cidade que atentamente ouvia e se solidarizava!
Nem um só dos 1000 panfletos distribuídos foram parar no chão. Motociclistas e motoristas paravam para ouvir, amplo apoio social!!!
Parabéns a todos os que participaram desta ação histórica na cidade de Altamira -PA

 
;