quinta-feira, 23 de março de 2017 0 comentários

Como fazer um impeachment, quebrar o Brasil e arrebentar com direitos trabalhistas, emprego, concursos e aposentadoria. Receita de Temer e golpistas


Então, era pra isso o impeachment da presidenta Dilma? Para quebrar o país, a Petrobrás, os bancos públicos,a aposentadoria,  concurso público, a proteção social aos necessitados? E com o apelido mentiroso de reforma, vai se liquidando a CLT , acabando com o 13º salário, o emprego e legalizando a escravidão, a precarização total, como aconteceu ontem à noite na Câmara dos Deputados, em Brasília?

Medonha noite a de 22 de março de 2017, quando 231 deputados e deputadas legalizaram o horror, o massacre dos direitos trabalhistas através desse PL 4302/98, projeto que estava dormindo desde 1998 e que emergiu das trevas sob o chamado de 231 deputados e deputadas, a maioria pertencente às chamadas bancadas do boi e da Bíblia. A bancada evangélica, inclusive, votava no assassinato dos direitos  blasfemando "em nome de Jesus"!

A legalização da precarização fere de morte a CLT/Consolidação das Leis do Trabalho e como vai mexer brutalmente no salário, pra menos, a médio prazo afetará a previdência pública. E esta, a não ser que haja uma forte reação popular, está com os dias contados. É a PEC 287, mais uma mexida criminosa na Constituição para acabar com a aposentadoria. Ou fazer o trabalhador morrer sem conseguir se aposentar.

Então, era pra isso o impeachment a bateção de panelas, as camisas da CBF nas ruas... Meu Deus, como é que pode, milhões de pessoas clamarem nas ruas e nas redes sociais contra a corrupção, invocar as trevas e colocar corruptos e assaltantes de direitos no governo, no Congresso Nacional? Com aliados fortes na mídia golpista e em largas escalas do judiciário.

 E enquanto fazemos essas e várias indagações,  vamos ao mesmo tempo organizando a resistência, avançando na luta e chacoalhando os golpistas, até que eles e elas caiam. Dia 31 de março, data de um outro golpe, estaremos nas ruas denunciando o extermínio de direitos e dando os nomes de quem votou contra nós. Pois 2018 tem eleições de novo. 

Vamos lutar, lado a lado? 
A bancada de deputados federais é formada por 17 parlamentares. Esses 9 votaram contra o povo trabalhador.



A bolinha verde indica quem votou contra. E quem votou a favor, está no quadrado laranja.

A alegriado presidente da Câmara dos Deputados ao informar que o grande golpe foi dado.

 Com a aprovação do PL 4.302/98, o que muda:

 – As empresas poderão subcontratar, em caráter permanente e para qualquer atividade, seja urbana ou rural, até 100% dos seus funcionários, por terceirização ou até mesmo quarteirização;

 – Não haverá mais vínculo empregatício entre os trabalhadores, ou sócios das empresas prestadoras de serviços, com a empresa contratante. Essa modalidade legaliza aquela situação em que a empresa induz seu empregado à abertura de uma segunda empresa ou a adesão a uma pseudocooperativa. Desta forma, os patrões ficam livres dos gastos contratuais, promovendo, de brinde, uma reforma tributária;

 – Com a possibilidade de contratar “serviços” e não mais pessoas, a empresa estará livre de cumprir as regras estabelecidas por Convenções Coletivas dos empregados agora substituídos por subcontratados;

 – A proposta ainda retroage no tempo e declara “anistiadas dos débitos, das penalidades e das multas” às empresas que vinham contratando irregularmente os trabalhadores, antes da eventual mudança; Como agravante, a nova modalidade instituída pelo projeto não vale para as empresas que já vinham contratando irregularmente (as mesmas que serão anistiadas). Para essas, os contratos “poderão adequar-se à nova lei”, mediante contrato entre as partes;

 - O projeto ainda exime a empresa tomadora dos serviços da responsabilidade pelo não-pagamento das contribuições previdenciárias e trabalhista. Embora seja ela a maior beneficiária, sua responsabilidade é apenas subsidiária em relação aos danos causados ao trabalhador ou aos cofres públicos;

 – O PL 4.302 também altera as regras de contratação temporária, também por empresa interposta. Entre outras medidas, um trabalhador poderá permanecer em uma empresa como “temporário” por até 270 dias ou prazo ainda maior, se constar de acordo ou convenção coletiva. Ao final do contrato, sai da empresa com uma mão na frente e outra atrás;

 – A proposta também cuida de assegurar que não existe vínculo empregatício entre o empregado temporário e a empresa contratante. Portanto, mais do que flexibilizar, o PL 4.302/98 rasga e joga na lata do lixo os modestos direitos conquistados pelos trabalhadores e trabalhadoras com a CLT/Consolidação das Leis do Trabalho, como também aniquila concursos e o serviço público.

 (Fonte: CUT Brasília, com informações do DIAP).

*** 
Atualizado em 24/3/2017, às 8:13:
"A aprovação da Terceirização Total e Irrestrita já é um desastre por si, mas tem coisas mais macabras ainda neste projeto de lei, que para virar lei só precisa agora da assinatura do golpista Michel Temer. 

"O diabo mora nos detalhes"

1) O contrato temporário que hoje é permitido por até 3 meses no máximo, agora pode ser de até 9 meses e a lei ainda abre a possibilidade desse prazo ser estendido. A lei ainda prevê que após 90 dias do término do contrato temporário, o mesmo trabalhador poderá ser colocado à disposição da mesma empresa.

Sabe o que significa? Na prática, em muitas empresas todos os funcionários serão temporários e quando demitidos não terão direito nem a multa do FGTS, nem à aviso prévio.

2) A lei autoriza a contratação de terceirizados para substituir trabalhadores em greve, desde que a greve seja considerada abusiva ou atinja serviço considerado essencial. 

De cara, é o fim do direito de greve para petroleiros, rodoviários, metroviários, profissionais de Saúde etc. Mas além disso, as decisões judiciais deixam claro que qualquer greve pode ser considerada abusiva e qualquer serviço pode ser considerado essencial. Então, na prática é o fim do direito de greve pra todo mundo. Trabalhador entrou em greve? Contrata terceirizados.

3) O projeto aprovado hoje acaba com a exigência de que a empresa terceirizada apresente certidão negativa do INSS.

Sabe o que significa? Empresas que devem contribuições previdenciárias poderão livremente contratar trabalhadores terceirizados.

4) O projeto (agora praticamente lei) também desobriga a empresa terceirizada a comprovar sede própria.

Sabe o que isso significa? Os empresários poderão criar empresas fantasmas para contratar funcionários terceirizados para suas próprias empresas.

5) A empresa que contrata o serviço de outra empresa terceirizada só responde subsidiariamente por eventuais dívidas trabalhistas e previdenciárias. 

Isso significa que somente após a comprovação de que a empresa terceirizada não pode pagar essas dívidas é que a empresa que contratou o serviço poderá vir a ter que arcar com elas.Já imaginou quanto vai demorar para receber uma ação trabalhista?

6) A lei permite que a empresa terceirizada contrate ainda outra empresa para contratar os trabalhadores. Ou seja, é a terceirização infinita. A terceirizad da terceirizada etc. Imagine isso na hora do trabalhador ir buscar na Justiça os seus direitos.

7) A empresa terceirizada poderá ser os próprios trabalhadores. 

Basta que um empresário "obrigue" seus funcionários a constituírem uma "cooperativa" (bastaria registrar o CNPJ). Pronto, agora o empresário pode demitir todos os seus funcionários e contratá-los como uma "cooperativa", ou seja, os trabalhadores não teriam direito a nenhum direito trabalhista ou previdenciário, porque eles não seriam mais trabalhadores e sim sócios de uma empresa.

Tem outros absurdos na lei, mas acho que só esses já são suficientes para dar uma ideia do quanto perdemos no dia de hoje. Os patrões certamente estão todos em festa"

(Jeferson Calaça, ex-presidente da ABRAT)
 
sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017 0 comentários

O meu PT faz 37 anos.. Parabéns a um partido que sabe remar contra a correnteza e sempre defendendo o Brasil e a classe trabalhadora!

Há 37 anos, naquele 10 de fevereiro de 1980, nascia meu amado PT. E na barriga eu carregava meu segundo filho, Sílvio,meu Binho, que nasceria 2 meses depois, em 13 de abril de 1980. Política partidária, sindical e vida familiar se entrelaçavam lá em 1980 e cá, em 2017. Tão no meu DNA e dos meus três filhos
e dessas décadas de petismo.

 Em 1980, como neste sombrio 2017, o PT continua um símbolo de resistência, do remar contra a correnteza, da ousadia. Em 1980, a esperança em enfrentar a ditadura. E sob intenso açoite, chega a seus 37 anos, imerso em avaliações e lutando para se manter de pé. 

 É um partido da resistência e foi preciso um golpe de muitas mãos para arrancar o PT do governo federal. Do governo, mas não do coração de sua brava militância, na qual me incluo, com imensa honra. A mesma coalizão que arrancou Dilma de um governo legitimamente eleito, ataca dia e noite o líder maior do PT, o muito amado Lula. 

E essa mesma coalizão golpista, quebrou a indústria brasileira, acelera o desemprego, a recessão e agora instala duas comissões especiais no Congresso para acabar com a previdência, a aposentadoria e liquidar com a proteção trabalhista contida na CLT - Consolidação das Leis do Trabalho. Com os direitos trabalhistas.

Pergunto-me, vendo tanto desatino: onde estão os batedores de panela que encheram as ruas pedindo Fora Dilma Fora PT? Por que tão silenciosos diante do estrondoso desmonte dos direitos, democracia e soberania do país? Por que não batem.panelas exigindo do governo golpista que traga o Brasil de volta? 

 O PT que hoje celebra seus 37 anos, muito fez para construir sonhos, como os da casa própria, o estudo universitário,o diploma, o emprego,a reconstrução do Estado que estava muito privatizado e sem direito a ser feliz, tendo medo de ser feliz. O PT ajudou decisivamente no resgate da autoestima, na abertura de milhares de concursos públicos que permitiram emprego a muitas gerações. Empregos esses que agora perigam medonhamente.

 Do fundo do meu coração, parabenizo ardente e alegremente o meu PT. Enfrentarei ao lado da militância petista todos os vagalhões que vêm pela frente. Porque eu sou petista de raiz e aprendi a viver na adversidade. A enfrentar crises. 

 Seguimos juntxs PT, eu e tu, na alegria e na tristeza, encarando problemas e construindo sonhos coletivos.

 Eu te amo, PT! 
#PT37Anos

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016 0 comentários

Como manter a beleza da esperança, a firmeza da luta e a alegria do amor... Uma rápida mensagem de Natal deste 2016

Eita, 2016.
Ano que tiraram a Dilma, presidenta legitimamente eleita e sem qualquer crime.
Pra por o Temer, e eis que ele, atendendo aos clamores das panelas batidas chamando as trevas:
- Entregou o pré-sal para grandes petrolíferas estrangeiras, derrubando o passaporte do futuro de nossas crianças e jovens;
- aprovou na Câmara e Senado a PEC da Morte, PEC%% que congela investimentos públicos por 20 anos e na prática, acaba com concurso público;
- fará tramitar em fevereiro/2017 a reforma da previdência, que fará o brasileiro trabalhar 49 anos para ter direito a se aposentar;
- e nesta antevéspera de Natal, para a classe trabalhadora, um oiutro "presente": acenar com jornadas diárias de 12 horas e que vale o negociado sobre o legislado. Mexe na CLT, instrumento que dá dignidade e valoriza o trabalhador e que é regra no país desde 1943;
- já acabou com milhões de Bolsa Família;
- quer premiar as operadoras de telefonia, enfim, pagar a conta do golpe.
Pra isso, tiraram a Dilma!
Éguuuuuaaaaaaaaaa!!!

Mas amanhã é véspera de Natal deste 2016 de tantos direitos confiscados e eu não posso deixar de enviar a mensagem de esperança para os corações que estão antenados na luz e na fé.

Então, aí vai:

Que mantenhamos a beleza da esperança, a firmeza da luta e a alegria do amor neste Natal e no 2017 que se aproxima. Meu abraço!
"Não é que o mundo seja só ruim e triste. É que as pequenas notícias não saem nos grandes jornais. Quando uma pena flutua no ar por oito segundos ou a menina abraça o seu grande amigo, nenhum jornalista escreve a respeito. Só os poetas o fazem."
(Rita Apoena)

UNI e nossa árvore de Natal....


Das muitas jornadas de luta deste 2016.. e a orquídea nativa que n~]ao para de dar flor.. ainda bem!

domingo, 27 de novembro de 2016 0 comentários

Hasta siempre, Fidel! A luta continua, comandante! Viva a revolução cubana!

Fidel nos deixou na madrugada deste sábado 26/nov/16, aos 90 anos.
Não é pra qualquer um enfrentar o poderio de um império como o dos Estados Unidos, superar 638 tentativas de assassinato, ter um embargo econômico por 5 décadas seguidas e triunfar. Não é pra qualquer um!
Viva Fidel!
Viva a luta cubana!
Viva a utopia!
Viva a resistência!
Viva a revolução!
Deixo aqui a poesia de Ruy Guilherme Paranatinga Barata, poeta e comunista paraense, para homenagear Fidel Castro Ruiz, eterno comandante:
"E cresço na aurora livre
galopando esse corcel.
cresço no verso espumando entre as linhas do papel.
cresço rubro de esperança
na barba de Don Fidel."
(Ruy Barata - in: Canção dos quarenta anos)
#RIPcomandanteFidel
*
Entrevistei queridas médicas cubanas que serviram aqui no Pará em Melgaço vindas ao nosso país via o brilhante program Mais Médicos. E minha casa muitas vezes foi a embaixada de Cuba, solidária e alegre. Elas me falamra de Cuba, de Fidel. Amam Fidel, o caminho construído que tem hoje uma das melhores medicinas do mundo,m uma educação pública de qualidade e uma saúde de dar inveja. Não conhecui a ilha ainda. Verei como será sem Fidel.
*
Muita gente querida postou algo sobre Fidel.
Vou deixar aqui o post de Vicente Rodrigues, expressado em seu perfil no Facebook Como seria Cuba sem Fidel e a Revolução Cubana? >Os Estados Unidos não bloqueariam economicamente o país por décadas, buscando arruinar a economia cubana; Mas Cuba não seria soberana, e jamais poderia ter contribuído decisivamente para acabar com o apartheid e o colonialismo na África.
 Os celulares "Apple" e os carros "General Motors" seriam novos em folha; >Mas a fome e a falta de atendimento médico atingiriam boa parte da população Haveria mais crianças com tênis "Nike" nas ruas; E também crianças dormindo nas ruas.
Os jornais seriam menos comprometidos com o governo;
E completamente comprometidos com grupos empresariais nacionais e transnacionais.Enfim, o fato é que seria uma outra Cuba, bem diferente.
E temos uma boa pista disso nos dias de hoje.
Há um pedacinho do território de Cuba que não é administrado pelos cubanos, mas sim pela "maior democracia do mundo.
Trata-se da prisão de Guantánamo (ou "GTMO", como chamam carinhosamente os gringos o centro de tortura que montaram em território cubano surrupiado antes da Revolução.
 *

Mensagem de Lula sobre o falecimento de Fidel 
DESCANSE EM PAZ, COMPANHEIRO FIDEL Morreu ontem o maior de todos os latino-americanos, o comandante em chefe da revolução cubana, meu amigo e companheiro Fidel Castro Ruz.

Para os povos de nosso continente e os trabalhadores dos países mais pobres, especialmente para os homens e mulheres de minha geração, Fidel foi sempre uma voz de luta e esperança.

Seu espírito combativo e solidário animou sonhos de liberdade, soberania e igualdade. Nos piores momentos, quando ditaduras dominavam as principais nações de nossa região, a bravura de Fidel Castro e o exemplo da revolução cubana inspiravam os que resistiam à tirania.

Eu o conheci pessoalmente em julho de 1980, em Manágua, durante as comemorações do primeiro aniversário da revolução sandinista. Mantivemos, desde então, um relacionamento afetuoso e intenso, baseado na busca de caminhos para a emancipação de nossos povos.

Sinto sua morte como a perda de um irmão mais velho, de um companheiro insubstituível, do qual jamais me esquecerei.

Será eterno seu legado de dignidade e compromisso por um mundo mais justo.

Hasta siempre, comandante, amigo e companheiro Fidel Castro.

Luiz Inácio Lula da Silva
São Paulo, 26 de novembro de 2016 .
*
Mensagem de Dilma sobre o falecimento de Fidel
Sonhadores e militantes progressistas, todos que lutamos por justiça social e por um mundo menos desigual, acordamos tristes neste sábado, 26 de novembro.
 A morte do comandante Fidel Castro, líder da revolução cubana e uma das mais influentes expressões políticas do século 20, é motivo de luto e dor.
 Fidel foi um dos mais importantes políticos contemporâneos e um visionário que acreditou na construção de uma sociedade fraterna e justa, sem fome nem exploração, numa América Latina unida e forte.
 Um homem que soube unir ação e pensamento, mobilizando forças populares contra a exploração de seu povo.
 Foi também um ícone para milhões de jovens em todo o mundo.
 Meus mais profundos sentimentos à família Castro, aos filhos e netos de Fidel, ao seu irmão Raul e ao povo cubano.
Minha solidariedade e carinho neste momento de dor e despedida.
 Hasta siempre, Fidel!
 Dilma Rousseff
Presidenta eleita pelo voto popular brasileiro,
*
A blogueira Maria Frô também fez um belo texto sobre Fidel.

domingo, 30 de outubro de 2016 0 comentários

Égua, pai dégua, arreda que ele vem: Edmilson 50, é o nome da mudança... Só Pilatos lava a mão diante da barbárie..

Vou votar daqui a pouco neste domingão 30/outubro/16 e que em Belém escolheremos entre a barbárie de Zenaldo 45 e a inclusão social de Edmilson 50. Cravarei 50. Para que a população de Belém tenha um respiro de paz, de alegria, de democracia e participação do povo que trabalha e precisa de uma rede de proteção diante da brutal exclusão que o Temer vem apontando para o país, para jovens, mulheres, homens e crianças. E nunca passou pela minha cabeça dar uma de Pilatos, lavar minhas mãos que equivale a  isso o anular o voto hoje.

E tenho uma historinha pra contar antes de subir este post e desligar o computador: Ed tinha assumido em 1997 e o compa Valdir Ganzer chamou a mim e outros compas para a construção do que viria a ser o Banco do Povo, uma forma solidária de conceder empréstimos a quem não tinha a menor chance de sequer abrir uma conta nos bancos do sistema financeiro.

Topamos o desafio e lá fomos eu e Marcão (hoje presidente da CTB.Pa) para Brasília e Porto Alegre ver outras experiências. Trabalhamos, o tempo passou e o banco do povo saiu do papel, virou política  de governo, criando chances reais de permitir sonhos a quem não tinha a menor chance no chamado mercado. 

Em 2001, o compa João Cláudio Arroio nos entregou uma placa de gratidão pelo nosso feito lá atrás, placa que anda amarelada no meio das minhas estantes, mas gosto de deixá-la ali pra me lembrar como um prefeito comprometido com o povo que mais precisa pode fazer muito. Ed é esse nome, é essa pessoa. 

E vamos votar pelo futuro. Pra termos a oportunidade de ver Belém votar a ser feliz, pois esses últimos 12 anos não têm sido fáceis! 
Para abrir os caminhos e também manter minha linha de vida e coerência na luta em defesa da classe trabalhadora, voto
#Ed50

O clip do #ed50



Um prefeito comprometido com o povo faz toda a diferença






0 comentários

ègua, pai dégua, arreda que ele vem: Edmilson 50, é o nome da mudança... Só Pilatos lava a mão diante da barbárie..

Vou votar daqui a pouco neste domingão 30/outubro/16 e que em Belém escolheremos entre a barbárie de Zenaldo 45 e a inclusão social de Edmilson 50. Cravarei 50. Para que a população de Belém tenha um respiro de paz, de alegria, de democracia e participação do povo que trabalha e precisa de uma rede de proteção diante da brutal exclusão que o Temer vem apontando para o país, para jovens, mulheres, homens e crianças. E nunca passou pela minha cabeça dar uma de Pilatos, lavar minhas mãos que equivale a  isso o anular o voto hoje.

E tenho uma historinha pra contar antes de subir este post e desligar o computador: Ed tinha assumido em 1997 e o compa Valdir Ganzer chamou a mim e outros compas para a construção do que viria a ser o Banco do Povo, uma forma solidária de conceder empréstimos a quem não tinha a menor chance de sequer abrir uma conta nos bancos do sistema financeiro.

Topamos o desafio e lá fomos eu e Marcão (hoje presidente da CTB.Pa) para Brasília e Porto Alegre ver outras experiências. Trabalhamos, o tempo passou e o banco do povo saiu do papel, virou política  de governo, criando chances reais de permitir sonhos a quem não tinha a menor chance no chamado mercado. 

Em 2001, o compa João Cláudio Arroio nos entregou uma placa de gratidão pelo nosso feito lá atrás, placa que anda amarelada no meio das minhas estantes, mas gosto de deixá-la ali pra me lembrar como um prefeito comprometido com o povo que mais precisa pode fazer muito. Ed é esse nome, é essa pessoa. 

E vamos votar pelo futuro. Pra termos a oportunidade de ver Belém votar a ser feliz, pois esses últimos 12 anos não têm sido fáceis! 
Para abrir os caminhos e também manter minha linha de vida e coerência na luta em defesa da classe trabalhadora, voto
#Ed50

O clip do #ed50



Um prefeito comprometido com o povo faz toda a diferença






domingo, 2 de outubro de 2016 2 comentários

Pode vir banzeiro, pode vir maresia que eu trago na alma e na vida, amor, esperança e fé. Sou da resistência, da luta. Sou 13, sou PT!

Vou às urnas logo mais com uma certeza: é preciso valer os nossos sonhos e as nossas utopias e isso não envelhece. 
Vou de 13- Regina neste primeiro turno e Edmilson 50 no segundo. E tendo como candidato a vereador, o querido e grande lutador Otávio Pinheiro, 13.013. Com a mesma energia e alegria que votei em Lula em 1989. 
Somos da resistência e da luta. Seguramos os banzeiros e é assim que vimos vencendo há 36 anos deste lindo e amado PT. 
Arrancaram Dilma do Planalto a 31 de agosto/16, presidenta sem qualquer crime e legitimamente eleita pelo povo. 
Têm um pacote de corte de direitos sociais e trabalhistas e de violação da democracia e soberania do país (entrega do pré-sal e agora, de novo, pedir a bênção ao FMI). 
Trazem um tempo trevoso, sombrio, carregado. 
Mas não será fácil nos derrotar. Trazemos na alma e na vida o amor e o enfrentamento a banzeiros e maresias.
Venceremos as atrocidades com unidade, resistência, fé, esperança e luta.
Golpistas não arrancarão nossos sonhos e nossa fé.
Vamos que vamos! Domingão lindo, 2/out/16 em Belém.Pa. 
Vou de 13. E 13.013 - Otávio vereador.
Bom dia, teimosia! 
Bom dia, alegria!!!
  #OrgulhoDeSerPetista




quinta-feira, 18 de agosto de 2016 0 comentários

Papai, assim tão as coisas por aqui neste agosto difícil...

Bença, pai

Tinha montão de coisas pra te dizer, mas tou há horas olhando o teclado e pensando como vou te contar o que tá acontecendo aqui. Rogério, nosso menino, faz 40 anos hoje. Mais 1 abençoado 18 de agosto em nossas vidas. Penso no tempo em que tu, mamãe e Antonio ficaram com ele por mais de ano, a fim de que eu pudesse tocar a vida... 

Este agosto de 2016 não tá sendo fácil, papai.. Um bando de criminosos todos arrolados em crimes de corrupção e outros, estão tirando a presidência das mãos da Dilma (ela foi reeleita em 2014 com mais de 54 milhões de votos). E o governo golpista e interino assumiu dia 11 de maio deste ano e está acabando com a verba de saúde, educação, quer congelar salários e o salário-mínimo, já cortou do Minha Casa Minha Vida a possibilidade de quem ganha até 3 salários-mínimos poder comprar a casa própria. E abriu uma faixa só pros ricos. Vai cortar o Bolsa-Família. Vai estraçalhar os direitos, concurso público, a CLT que existe desde a época do Getúlio Vargas.

Não tá fácil, meu velhinho. Quero um pouco da tua alegre resistência.

Penso em ti todos os dias. Penso e vou logo pedindo proteção pra gente. 
Bem que eu queria te dar boas novas. Tem uma: a resistência de boa parte do povo a esse golpista Temer. 

E tem outra: a coragem da Dilma, uma guerreira. Dia 29 ela vai ao Senado. Pra dizer cara a cara o que todo o país sabe: que ela tá sendo arrancada sem ter um único crime. E criminosos graúdos como Eduardo Cunha e outros, continuam soltos.

Vou te contando de vez em quando o que tá acontecendo aqui. Mamãe e Antonio tão bem e Ana Rosa te manda um abraço saudoso. Ela vem passar o Círio e isso me anima. Marco tá usando marcapasso há 1 ano e tá bem, só engordou além da conta. Pulou uma imensa fogueira. Silvinho, Liza e as crianças tão morando há 1 ano em Bragança e tão gostando de lá. Vou parar agora, pois vou com a amiga Gli numa missão daquelas que gostarias de ir junto. Depois te conto.

Te amo.

Tua filha rubi. (Belém, 18 de agosto de 2016).
Bença, pai...

Nossa guerreira injustiçada...

 
;