terça-feira, 5 de julho de 2011

Duciomar, o inominável. Ele passará e eu, passarinho...



 Sou uma otimista incorrigível, como diria Drummond. Mas ter o Duciomar como prefeito de Belém há 6,5 anos, tem feito estrago nesse otimismo. As atitudes do prefeito e as ausências de atitude, estas e aquelas revestidas de enganação, têm contribuído com a corrosão da minha esperança. Vou dar um exemplo.


Dia desses andei na avenida recém inaugurada, a nova Marquês, que ficou bem bonita, com belos espaços e área mais valorizada. Aí meu olho bateu na enganação que mostro nas fotos acima. São latas de coleta seletiva de lixo, mínimos latões para coleta de nanolixo talvez, pois uma garrafa plástica de 2 litros enche o compartimento de plástico.  É o faz de conta da coleta seletiva que prossegue com o faz de conta da reciclagem, essa praticamente inexistente e sem apoio da prefeitura de Belém.

Inominável essa atitude do Dudu! Por essas e outras é que já beira os 80% de reprovação dele como prefeito. Rejeição que deve ter aumentado hoje, após a chuva que caiu em Belém na noite passada e que encheu os canais, os bueiros, mostrando a cidade maltratada, abandonada, sem saneamento e vivendo dia após dia na enganação do poder público. Pensar que ainda falta 1 ano e meio até a próxima eleição.

Afe!

Só não me abato mais porque todos os dias me renovo vendo o nascer e o por sol, o Bosque Rodrigues Alves, a vida, a resistência e a alegria. O que me dá uma certeza, lembrando Quintana: Dudu, o inominável, passará. E eu, passarinho!




2 comentários:

Helen Lima disse...

É isso mesmo, Vera. Não basta criticar, tem que mostrar! Os blogs estão se tornando, também, a voz do povo!

Vera Paoloni disse...

Ôi Helen querida,

realmente, os blogs são a voz do povo, também.

Abraços e obrigada pela visita,

 
;